Pastor Rogério Godoy


http://mj7missoesurbanas.no.comunidades.net/passeio-jat-iespa-para-o-rio-de-janeiro

 

DECISÃO!

Autor: Pr. Rogério Godoy

Ao final do ano de 2012, criei um tema para permear todo meu ano ministerial em 2013, nessa época eu ainda era um missionário (ainda o sou), só viria a me tornar um “pastor ordenado” no dia 13 de abril de 2014; e como missionário, em “andava” pelo Brasil fazendo ministrações em igrejas, congregações, colégios, comunidades carentes (favelas), em praças públicas, etc. Ao final de todo ano eu estabelecia um tema para meu ano seguinte; e esse tema para 2013, foi o mais marcante de todos, tanto que até hoje eu o uso em minhas ministrações.

Sou simpatizante das revelações bíblicas, e através da palavra rhema, revelada a nós pelo Espírito de Deus pelas vias das escrituras, posso lhes garantir que tudo em nossas vidas é uma questão de decisão. E muito embora os jovens e os adolescentes, em sua maioria, culpem as circunstâncias e/ou outros, por suas falhas e quedas ante ao pecado – esse texto é prioritariamente para eles – tudo é uma questão de DECISÃO (escolha).

Permearei esse artigo, no capitulo 30 do livro de Deuteronômio; mas precisamente em dois versículos, o 15 e o 19: “Vês aqui, hoje te tenho proposto a vida e o bem, a morte e o mal;” (15) e “Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,...” (19).

Em alguns dos mais importantes episódios narrados na bíblia, se não em todos, a decisão dos envolvidos os fez escolher entre a vida ou a morte, a bênção ou a maldição. Quando Eva, no jardim, deu ouvido a serpente, abrindo mão do que Deus havia lhe dito por intermédio de Adão, ela decidiu pela morte e pela maldição, e as recebeu; e assim também Adão, que aceitou comer o fruto lhe dado por sua companheira, não ouvindo a voz de Deus, que lhe disse para não comer. E a decisão de Adão nos custou uma dolorosa separação de Deus; pois quando Adão e Eva decidiram por desobedecer a Deus e comeram do fruto que seu Criador os havia proibido, abriram mão de sempre comerem do fruto da arvore da vida e de uma intimidade com o mais importante de todos os amigos que alguém pode desejar ter.

E porque não falar de Noé, que escolheu ouvir a Deus e fazer a arca, mesmo tendo que enfrentar o descaso e o deboche do povo!? Noé, e também sua família, escolheu a vida e a bênção. Enoque, que decidiu por andar com o Seu criador, e o mesmo o tomou para Si. Poderia eu também mencionar Abraão, Isaque, Jacó, Moisés, Oséias, e outros; mas posso falar da moabita Rute, sacerdotisa de Quemosh; que após se ver viúva e em necessidades, decidi por acompanhar sua sogra Noemi, e ‘voltar’ das terras de Moabe, para Belém; e sem nenhuma perspectiva de fortúnio; mas confiando apenas no Deus, do qual apenas ouviu falar por sua sogra. E na terra de Belém fôra por Deus abençoada com um bom casamento, e uma honrada família; chegou ao ponto de fazer parte da genealogia de Jesus (Mt. 1:5).

Posso também falar da rainha persa, Ester, que fôra por Deus conduzida até o palácio; e quando o povo de Deus precisou de sua intervenção – ainda que isso pudesse lhe custar a vida (Et. 4 e 5); tomou para si a decisão certa, e livrou o povo hebreu do extermínio. Ester escolheu a bênção e a vida, e não a morte e a maldição.

E como não falar de Jó, que mesmo depois de todo o infortúnio, e ser aconselhado por sua mulher e seus amigos, para largar sua fidelidade a Deus e morrer em paz, decidiu por não maldizer seu Deus com sua escolha errada, e por sua decisão conseguiu multiplicar as bênçãos de Deus sobre sua vida.

Poderia também eu, continuar nomeando heróis e heroínas da bíblia, que mesmo em situações sem outra solução qualquer, decidiram por Deus; mas não os vou nomear. Para esse assunto, por esse capitulo encerrar, atrevo-me a falar de Jesus, o Filho de Deus. Ele foi incumbido por seu Pai, para pagar com sua vida, pelo erro (pecado) de cada um de nós como diz Is. 53; e Ele próprio foi tentado pela a angustia a mencionar a possibilidade de não fazer isso (Mt. 26:39); porém, decidiu por fazer a vontade de Deus e não a Sua.

Em Mt. 27:17, vemos Pôncio Pilatos, governador da província da Judéia, colocar Jesus, um homem que nunca cometeu um delito se quer ao lado de Barrabás, um ladrão e assassino (zelote), e os expôs ao povo para que escolhessem a quem ele, Pilatos, deveria soltar. E o povo, incitado pelos príncipes dos sacerdotes e os anciãos da época, decidiram por apoiar as atrocidades de um ladrão e homicida, e condenar um justo e inocente homem à uma cruel morte.

Talvez você esteja pensando que se estivesse lá nesse episódio, é claro que escolheria o seu Jesus; mas eu creio que a realidade é outra. Quando as tentações se colocam em nosso caminho, e por elas caímos, estamos dizendo: eu escolho Barrabás! Quando ossos pais e/ou nossos líderes nos determinam algo e nós não os obedecemos, estamos dizendo: eu escolho Barrabás! Quando levamos vantagem indevida sobre alguém, estamos dizendo: eu escolho Barrabás! Quando deixamos que as más campainhas, nos influenciem em fazer o que Deus nos diz que errado é, estamos dizendo: eu escolho Barrabás! Quando damos mais valor a nosso(a) namorado(a), a nosso dinheiro, do que o que diz as escrituras, estamos dizendo: eu escolho Barrabás!

Muitos de nós têm escolhido Barrabás, sem nem ao menos darmos conta disso; e isso por não buscarmos conhecer mais a Deus e tirarmos sorrisos de Sua face com o nosso viver.

A bíblia, e muito menos eu, diz que seja fácil; mas a melhor decisão é escolher Deus e a sua vontade, abrindo mão da nossa própria; e como Ele mesmo nos prometeu, a vida e a bênção nos alcançarão e não nos deixaram.

 

Obs. Esse texto faz parte do livro COMO SER UM JOVEM CRISTÃO, NUM MUNDO PAGÃO!?

 

Livro de teor evangélico, para jovens e adolescentes; assim bem como, para seus lideres.
COMO SER UM JOVEM CRISTÃO, NUM MUNDO PAGÃO!? Um mundo em preto e branco.

Alguns temas, abordados neste livro: Drogas, sexo antes do casamento,namoro ficante, bebidas alcoólicas, mentiras, rebeldia, redes sociais, baladas, músicas seculares, etc...

ENCOMENDE EXEMPLARES PARA SI, E PARA OS JOVENS E ADOLESCENTES DE SUA IGREJA.

Geração #juventudequeescolheDeus

 

Ministro do Evangelho de Cristo - Escritor - Poeta - Dramaturgo - Educador Social

"Seja no ministrar da palavra do Senhor, no louvor ao Seu Santo Nome, ou na minitração do teatro evangelístico,   minha intenção maior é chamar a atenção do Senhor meu Deus para mim; mas não pelo que sou ou pelo que faço,e sim por minha intenção de O adorar... até mesmo com o meu respirar!"

(Pastor Rogério Godoy)

 

Nascido na cidade de São Gonçalo-RJ, ao trigésimo primeiro dia do mês de outubro do ano de 1964, já em sua infância e adolescência, Rogério Godoy demonstrava uma inquietude com o mundo em que vivia, e a forma que ele usou para demonstrar sua insatisfação foi a rebeldia. E sua escolha (inconsciente), o levou a se afastar de tudo e de todos.

Aos dezesseis anos escreve seu primeiro texto poético (VENCER OU VENCER); e a partir desse primeiro texto, nunca mais parou de escrever. Em 2002 publica seu primeiro livro (ANJO NEGRO - De Pés Descalços no Asfalto Quente); e até o dado momento já computa mais de cinquenta títulos publicados.

Após sua conversão ao evangelho de Cristo, no dia 03 de novembro de 1992, também se deu início sua carreira (ministério) no teatro. Em dezembro de 1992 escreve sua primeira peça teatral evangelística (A LIBERTAÇÃO); e hoje são dezenas de peças escritas, dirigidas, e publicadas. Nesta mesma data, após sua capacitação para o teatro num curso na UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), deu-se inicio a ministrações de aulas (oficinas) de teatro evangélico e secular. CIEP 237 (no Paraíso - São Gonçalo-RJ), Instituto de Educação Clélia Nanci (São Gonçalo-RJ) e na UUF ( Universidade Federal Fluminense - Niterói-RJ); e em dezenas de igrejas pelo Brasil.

No ano de 2004, Rogério Godoy é reconhecido como Missionário Evangélico; e após fundar e liderar uma célula da Igreja Operação Resgate (Niterói-RJ), em um ponto de vendas de drogas, debaixo de um viaduto em Alcântara (São Gonçalo-RJ), e chamado pela Igreja Batista Vila Libanesa (Zona Leste da cidade de São Paulo) para liderar a ação social da igreja e o teatro. Em sua estadia em São Paulo, no decorrer de oito anos, além dos trabalhos de teatro, de louvor, e de aulas na EBD (Escola Bíblica Dominical), também realizou trabalhos missionários em quatro favelas da região.

Ministrando a palavra do Senhor Deus nas igrejas, desde o ano de 1993, Rogério Godoy, também liderou ministérios de Louvor e de Dança Profética; isso sem jamais deixar o Teatro Evangelístico e a Literatura.

Ordenado ao Ministério Pastoral no dia 14 de abril de 2014, pelas mãos do Homem de Deus Apóstolo Onézimo Fontes (um líder e pai), e pelo pastorado do pastor e amigo Sidnei Caldeira; hoje, o Pastor Rogério Godoy mora na cidade de São Paulo e congrega na IESPA - Igreja Evangélica Separados para a Adoração (Pr. Presidente: Esdras Oliveira), e lidera os Ministérios de Jovens (Geração #juventudequeescolheDeus), de Adolescentes (Talmidim) e de Teatro IESPA.

 

 

Contatos Para Agendar Ministrações com o Pastor Rogério Godoy...



Whatsapp / Viber e Celular: (11) 94000-3008

E-mail: teatromj7@hotmail.com


Rádio: ID 65*95225

Instagram: @pastor.rogeriogodoy


Página Principal do Facebook:
PastorRogério Godoy: www.facebook.com/projeto2012mj7

Twitter do Pastor Rogério Godoy: @PrRogerioGodoy